Amor Verdadeiro!!!

Resolvi compartilhar desse e-mail recebido pelo Bp.Macedo e que foi enviado por essa grande mulher de Deus chamada Alessandra Mendes, porque achei maravilhoso! É um grande exemplo de uma pessoa verdadeiramente nascida de Deus, lendo a gente pode perceber a sinceridade nas palavras dela e a força grandiosa dada por Deus! Na verdade não há muito o que comentar porque é simplesmente GLORIOSO o poder do nosso Deus! Só tenho a agradecer por fazer parte dessa família a qual me orgulho muito que é a IURD - IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS! Que tem sido cada dia mais e mais usada por Deus para salvar inúmeras vidas que tem se encontrado perdidas como um dia salvou a minha!! Obrigada Jesus por tudo!!! Que Deus nos abençoe a cada dia mais!!!
Jaqueline Campos.

"Prezado Bispo Macedo,

Meu nome é Alessandra Mendes, sou obreira da Catedral da Fé de Goiânia, e sou da IURD desde 1998. Entrei na igreja com muito sofrimento e dor em todas as áreas da minha vida, mas o que mais me doía era uma vida sentimental destruída.

Em 2001, casei com um grande homem de Deus que me fez muito feliz por oito anos. Tive uma filhinha, que hoje está com 5 anos. Na quarta-feira, dia 12 de agosto, meu marido começou uma “gripe boba”, com uma tossezinha e dor na garganta. Dei a ele um antinflamatório para garganta e um xarope para gripe. Quando chegou no final de semana, ele piorou, com dores no corpo.

No domingo, levei-o ao pronto-socorro e o médico de plantão disse que ele estava com uma bronquitezinha. Passou um antibiótico, um xarope e uma dipirona, sem ao menos fazer qualquer tipo de exame, e o mandou pra casa.

Na terça-feira, voltamos ao pronto-socorro, pois as dores e a tosse aumentaram, acompanhadas de dor no peito. O médico de plantão pediu radiografia do tórax e exame de sangue, constatando pneumonia bilateral e suspeita da influenza A. Mesmo assim, disse que o mandaria para casa com os mesmo medicamentos. Quando meu marido informou que havia vomitado, o médico disse que iria interná-lo para que ele não desidratasse, pois não conseguia comer nem beber nada.

Meu marido ficou de terça à quinta nesse hospital, sentido as mesmas coisas e ainda estava cuspindo sangue, quando esse mesmo médico o deu alta e o mandou “sarar em casa”. Foram essas palavras.

Meu marido passou o dia sem respirar direito. Ele ficou duas noites sem conseguir dormir. Mesmo assim, o médico deu alta. Em casa, ele ficou péssimo, pois estava muito fraco, não conseguia comer, beber, dormir. Não parava de tossir e, o pior de tudo, não respirava direito.

No começo da noite, fomos ao pronto-socorro para que eles o ajudassem com nebulização, acreditando que não era grave. Quando chegamos, percebi que o médico que estava de plantão (que não era o mesmo) ficou desesperado. Ele viu que meu marido estava morrendo e disse que lá não havia leito nem UTI para que pudesse ser entubado para poder respirar, pois o sistema dele já estava quase em assepsia. Claro que ele não me falou isso, mas eu já sabia.

Ficamos das 21h às 2 da manhã procurando UTI em Goiânia inteira sem conseguir. O médico falava baixo ao telefone, afirmando que era gripe suína, e do outro lado só haviam recusas. Quando vi que ele não resolvia nada, Deus me iluminou e me dirigiu até um telefone para que eu ligasse para o nosso plano de saúde (Life Empresarial Saúde). Na ocasião, o funcionário da Life, Luciano, se prontificou em ajudar. Na mesma hora, ligou para o hospital onde estávamos e chamou a atenção do funcionário por não ter ligado para a Life para providenciar a UTI para o meu marido. Ficou sabendo pelo funcionário do hospital que havia somente um lugar em Goiânia que havia a UTI, mas não era credenciado da Life.

O funcionário Luciano, não se importando com nada disso e priorizando a vida do meu marido, ligou imediatamente para essa UTI e disse que a Life se responsabilizaria por tudo e que era para eles receberem meu marido.

Chamamos uma ambulância e fomos para lá. Graças a Deus por ter me orientado a ligar para a Life, chegamos lá por volta das 2 da manhã. Quando eram 4h45, o médico veio falar comigo, dizendo que a suspeita de gripe H1N1 era muito forte e que havia passado do tempo de receber a medicação certa pra isso. E que ele estava com assepsia e com uma “pneumonia muito importante”. E que o risco de morte era muito grande.

Eu, com toda minha fé, falei para ele que para Deus nada é impossível e que ele iria melhorar e sair dali. Fui para minha casa, onde estavam minha sogra (que por coincidência estava passando uns dias conosco), cuidando da minha filha. Falei com minha sogra que ele estava na UTI em coma induzido, para que conseguisse respirar melhor.

Pela manhã, voltamos ao hospital para resolvermos questões burocráticas e saber mais sobre meu marido. O médico, responsável pela UTI, falou da gravidade do problema e me questionou sobre o plano de saúde que ele nunca havia ouvido falar. Que plano é esse?, disse ele com o cartão na mão como se fosse uma planozinho qualquer, que tinha acabado de ser inventado.

Eu disse que meu marido era funcionário da Igreja Universal e que o plano de saúde era da igreja, somente de funcionários e pastores. O médico disse que o hospital não era credenciado com o plano e que tudo seria cobrado particular. Respondi que haviam vários lugares credenciados. Ele perguntou quais e eu falei os que sabia, e sugeri que ele entrasse no site. Ele entrou na minha frente e, logo ao ver o site, já começou a me dar mais crédito. Nesse momento, pessoas do plano ligaram para o hospital para saber informações e resolver o que precisasse, antes mesmo de eu pedir.

Eu liguei para a funcionária Dilza, do RH de Goiânia, que imediatamente entrou em contato com dona Ester, responsável pela Life, em Goiânia. Ela ligou imediatamente se prontificando a resolver todas e quaisquer questões burocráticas para mim. Nesse momento, o médico se espantou ao ver como um plano de saúde pode se importar tanto com um paciente. Mudou seu comportamento comigo, dizendo que gostaria de se credenciar ao plano, convidou que entrasse e conhecesse toda a UTI, além de mostrar onde meu marido ficaria.

Em seguida, disse que meu marido precisaria tomar um remédio que poderia mudar muito o seu quadro para melhor, porém era muito caro. Cada caixa custava mais de 7 mil reais e, pelo tamanho e peso dele, seriam necessários aproximadamente 15 caixas.

Quando informei isso ao plano, eles sequer me questionaram. Só pediram para o médico passar um relatório, informando todos os procedimentos feitos e tudo sobre esse medicamento. Parece que o médico não acreditava no que estava ouvindo. E como era emergência, esse valor foi liberado no mesmo dia, para surpresa de todos. Menos para mim, pois devido a tudo que o plano havia feito até aquele momento, eu tinha a certeza de que Deus estava à frente de tudo e que iria fazer um milagre.

Bispo, sei que estou sendo muito detalhista, mas fiz questão de explicar para que o senhor venha saber de tudo. Enfim, depois disso, ele tomou a medicação e melhorou aparentemente. Em seguida, fui chamada pelo laboratório, que também não era credenciado para receber mais cobranças. Automaticamente passei o caso para dona Ester que mais uma vez se prontificou em ajudar.

Entre uma situação e outra, os pastores da igreja, sempre querendo saber informações, foram até ao hospital visitá-lo e orar por ele. A funcionária Dilza, do RH, me ligou para dizer que a Life havia mandado me falar que o Márcio era prioridade para eles e que fariam o que fosse preciso para que ele recebesse o que precisasse pra melhorar.

Além de trabalhar para a igreja, ele era funcionário do Bispo Miguel Ângelo, na Assembléia Legislativa, e o mesmo fez tudo o que podia para nos ajudar. Pediu para que todos os funcionários orassem e jejuassem pelo meu marido. Fiquei sabendo também que foi ele que pediu para que a advogada Tomázia, ligasse para a igreja e dissesse que era para o plano autorizar o remédio e fizesse o que fosse necessário pelo meu marido.

Pediu que as funcionárias me ligassem e dessem apoio e orassem por nós. Ele recebeu tudo o que precisava pra melhorar, porém, Deus o quis no céu e, às 3h55 da manhã, do dia 25 de agosto, ele foi para Jesus. Sei que ele foi salvo, pois amava Deus acima de todas as coisas, e amava a IURD também de todo o coração. Amava muito essa obra, mas “Deus chama os bons”, foi o que ouvi de uma grande amiga.

Eu sei que a força que recebo todos os dias vem diretamente do Trono de Deus, pois caso contrário não suportaria. Em nenhum momento, questionei Deus por isso, pois sei que tudo o que Ele faz é bom. Que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam Deus. E que Sua vontade é boa, agradável e perfeita. O resto não importa. Não ouço nenhuma palavra contrária a isso. Não aceito sugestões contrárias à vontade de Deus, nem vindas do diabo, nem vindas do homem.

Agradeço a Deus por conhecê-Lo, por ter me levado para a IURD pois lá “conheci um Deus vivo”, conheci um homem que, enquanto esteve comigo, me fez muito feliz, me amou do jeito que eu sou, me deu uma filha linda, e formou comigo o tão sonhado purê de batatas que o senhor sempre fala. Hoje, posso dizer que o conheci do famoso purê, pois éramos um casal abençoado por Deus em tudo.

Claro que tínhamos dificuldades, algumas vezes financeiras, mas conjugal nunca. E olha que o diabo tentou, mas nosso casamento nunca foi abalado. Hoje, sei que amei e fui amada. Fiz por ele tudo o que podia fazer enquanto vivia. Nos últimos dias de vida, sem saber que iria morrer, falou: Amor, você cuida tão bem de mim, em tudo. E eu disse: É porque te amo, pois nem percebo o que faço, faço por amor, é automático.

Bispo, não digo isso com dor, mas com alegria. Estou passando essas informações para o senhor para que saiba que o meu marido não era pastor, não era diferente de nenhum dos funcionários, não tinha estrela na testa (a não ser para mim e para Deus), e foi tratado como se fosse a pessoa mais importante da IURD. Pela igreja, pelos pastores, pela Life, enfim, recebi apoio espiritual, emocional e ainda financeiro.

O nosso querido Bispo Miguel Ângelo pagou todo o funeral dele (eu soube disso depois). E lembrando ainda da obreira e enfermeira Ana Lúcia, amiga, irmã, companheira e mulher de Deus que esteve do lado dele todos os dias. Largou o emprego, momentaneamente, para poder ficar ao lado dele, verificando se estava sendo bem tratado e me informando de tudo. Ela cedeu o jazigo da família, onde há menos de um mês sepultou sua querida mãe, para enterrar o meu marido.

A Senhora Dilza, do RH, me ligou para saber como eu estava e dizer que o Pastor Robson, responsável pelo RH em Goiânia, e o Pastor Júlio, responsável pelo RH da igreja no Brasil, ambos pediram que ela me ligasse e oferecesse ajuda. Perguntaram como eu estava, oferecendo o apoio que eu precisasse, inclusive para que pudesse receber meus direitos, me orientando em tudo.

O Bispo Miguel e sua esposa, Dona Regina, pediram para a funcionária Dimpina, do gabinete, me ligar para me dar todo o apoio, pedir para que eu não ficasse sozinha. Enfim, bispo, me achei na obrigação de relatar tudo o que passei nesses dias e tudo o que a igreja em Goiás fez e está fazendo por mim e pela minha família.

Não esquecendo, claro, do nosso querido Pastor Márcio Carotti, que pediu oração e jejum para toda a igreja pelo meu marido, enquanto ele vivia, e enviou pastores ao hospital para orar pelo meu marido e, agora, por mim e pela minha filhinha. E o meu querido pai na fé, Bispo Darlan Ávila, que me ligou do Rio de Janeiro no dia no funeral para mais uma vez me oferecer apoio e me falar para ficar na fé. Não sei se me esqueci de alguém. Sei que não citei nomes de todos os obreiros, pastores e esposas que me ajudaram, pois não terminaria hoje. E tem nomes que nem sei para falar a verdade.

Sou grata a Deus por tudo, mesmo sentindo uma dor inexplicável. Sou grata ao meu Senhor Jesus por saber que Ele amou tanto o meu marido que o levou para Ele, e me ama tanto que tem me fortalecido. E permitiu que eu fosse tão feliz por esses oito anos.

Enquanto a Globo fala tanto que a igreja só quer lesar as pessoas, a igreja fez pelo meu marido o que ninguém jamais fez. E nenhum outro plano de saúde existente na face da terra, tenho certeza disso, faria por ele.

Até um dia antes da morte dele só no laboratório de exames havia uma conta de R$ 9.335. Acredito que pode ter sido mais que isso, sem falar no remédio que até hoje não sei ao certo o valor liberado, mas acredito que foi mais de R$ 80mil (não sei ao certo), fora a UTI uma das melhores de Goiânia, que não era credenciada do plano, o funeral, o jazigo, etc…

Foi isso que a FAMILIA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS fez pelo meu marido. Tenho uma irmã que é obreira de uma IURD do bairro de Vila Boa que luta para levar seu marido e filhos para igreja. Meu cunhado era muito revoltado com a dedicação dela para com a igreja, e com tudo o que ouviu da Globo. Quando soube o que a igreja fez pelo meu marido, chorou como uma criança e disse que retirava tudo o que havia falado antes, que nunca mais iria falar nada da igreja e que iria pra Jesus.

Meu outro cunhado, que é pastor da Assembléia de Deus, fez um culto defendendo a IURD de todas as acusações, inclusive pastores de outras denominações que visitava a igreja naquele dia. Sei que ouve uma revolução em muitas vidas e que, mesmo no leito de morte, meu marido ganhou muitas almas para Jesus.

Hoje, não sei o que vou fazer. Sei que nem a morte, nem a vida, nem os anjos ou espada, nada me separará do amor de Jesus Cristo. E o que Ele quiser de mim, eis-me aqui. Já pensei até em ser pastora, mas não estou na hora de pensar em muitas coisas. Mas por amor a Jesus, gostaria de servi-Lo de todo meu coração e com todo meu amor!

Bispo, eu amo Deus acima de todas as coisas. Já amava a IURD antes e agora muito mais, e amo o senhor por ter começado essa grande obra de Deus e ser tão dirigido pelo Espírito Santo.

Não estou aqui para tecer elogios a ninguém, pois não foi isso que aprendi e sei que também não é isso o que esperam de mim. Só quero agradecer por tudo.

Na fé,

Alessandra Mendes Oliveira."

Amigo da Onça...Como surgiu essa expressão??

Existem fontes que dizem que a expressão veio de uma anedota:
- O que faria você se estivesse na selva e uma onça aparecesse na sua frente?
- Dava um tiro nela.
- E se você não tivesse uma arma de fogo?
- Tentava furá-la com o meu facão.
- E se você não tivesse um facão?
- Apanhava qualquer coisa, como um pedaço de pau, para me defender.
- E se não tivesse um pedaço de pau por perto?
- Procurava subir na árvore mais próxima.
- E se não tivesse nenhuma árvore no lugar?
- Saía correndo.
- E se você estivesse paralisado pelo medo?
Aí, o outro, já aborrecido, retruca:
- Afinal, você é meu amigo, ou amigo da onça?


E assim surgiu a tão conhecida epressão.....é o que dizem...

TODO CRISTÃO PASSARÁ POR 3 FASES...

Um dia ele passará pelo deserto,lugar onde tudo é difícil, angústia, medo,necessidade de algo, solidão, expectavivas frustradas,
sonhos não realizados, vontade de desistir de tudo.Um dia ele passará pelo vale,o vale é um lugar de abandono, onde as pessoas esquecem
de você, no vale você não tem amigos, não tem parentes,não tem conselheiros, no vale você aprende
estar a sós com Deus, ali você ora, chora, geme,clama, busca, passa pelo estreito de DEUS, você aprendea ser obediente, você luta como Jacó lutou até raiar a manhã.Um dia ele estará no monte,no monte tudo é lindo, maravilhoso,no monte ele consegue ver por onde ele passoue então ele glorifica o seu Deus por ter amparadotodos aqueles dias, no monte a visão é diferente,
ampla, você olha e diz...
"verdadeiramente Deus esteve comigo e não me desamparou".Aonde você está, no deserto? ou no vale? ou no monte?Em qualquer dessas fases, que você estiver passando saiba que:
Deus está contigo!

A Bíblia e o celular


Já imaginou o que aconteceria se tratássemos a nossa Bíblia do jeito que tratamos o nosso celular?
.E se sempre carregássemos a nossa Bíblia no bolso ou na bolsa? .E se déssemos uma olhada nela várias vezes ao dia? .E se voltássemos para apanhá-la quando a esquecemos em casa, no escritório...? .E se a usássemos para enviar mensagens aos nossos amigos? .E se a tratássemos como se não pudéssemos viver sem ela? .E se a déssemos de presente às crianças? .E se a usássemos quando viajamos? .E se lançássemos mão dela em caso de emergência? Mais uma coisa: Ao contrário do celular, a Bíblia não fica sem sinal. Ela 'pega' em qualquer lugar. -Não é preciso se preocupar com a falta de crédito porque Jesus já pagou a conta e os créditos não têm fim. -E o melhor de tudo: não cai a ligação e a carga da bateria é para toda a vida. -'Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto' (Is 55:6)


Pensem nisso!!
Na Fé!

Descrição de Jesus por Públio Lêntulo - Novembro 18, 2008

O Documento abaixo está arquivado e exposto em Jerusalém.Este documento foi escrito por um romano que servia ao Imperador na Judéia, portanto testemunha ocular da presença de Jesus naquelas paragens, homem que assistiu a muitos comícios do Nazareno e que mandou a seguinte carta ao imperador Tibério César, antes da morte de Jesus.“Sabendo que desejais conhecer quanto vou narrar-vos, escrevo-vos esta carta.Nestes tempos apareceu na Judéia um homem de virtudes singulares, que se chama Jesus e que pelo povo é chamado de O Grande Profeta.Seus discípulos dizem ser ele o Filho de Deus.Em verdade, ó, César, cada dia dele se contam raros prodígios: ressuscita os mortos, cura todas as enfermidades e tem assombrado Jerusalém com sua extraordinária doutrina.É de estatura elevada e nobre, e há tanta majestade em seu rosto que aqueles que o vêem são levados a amá-lo ou a temê-lo.
Tem os cabelos cor de amêndoa madura, separados ao meio, os quais descem ondulados sobre os ombros, ao estilo dos nazarenos.Tem fronte larga e aspecto sereno.Sua pele é límpida e corada: o nariz e a boca são de admirável simetria.A barba é espessa e tem a mesma cor dos cabelos.Suas mãos são finas e longas e seus braços de uma graça harmoniosa.Seus olhos são plácidos e brilhantes, e o que surpreende é que resplandem no seu rosto como raios do sol, de modo que ninguém pode olhar fixo o seu semblante, pois quando refulge, faz temer, e quando ameniza, faz chorar.É alegre e grave ao mesmo tempo.É sóbrio e comedido em seus discursos.Condenando e repreendendo, é terrível; instruindo e exortando, sua palavra é doce e acariciadora.Ninguém o tem visto rir.
Muitos, porém, o têm visto chorar.Anda com os pés descalços e com a cabeça descoberta.Há quem o despreze vendo-o a distância, mas estando em sua presença não há quem não estremeça com profundo respeito.Dizem que este Jesus nunca fez mal a ninguém, mas, ao contrário, aqueles que o conhecem e com ele têm andado afirmam ter dele recebido grandes benefícios e saúde.Afirma-se que um homem como esse nunca foi visto por estas partes.Em verdade, segundo me dizem os hebreus, nunca se viram tão sábios conselhos e tão belas doutrinas.Há todavia os que o acusam de ser contra a lei de Vossa Majestade, porquanto afirma que reis e escravos são iguais perante Deus.Vale, da Majestade Vossa, fidelíssimo e obrigadíssimo.

Públio Lêntulo, presidente da Judéia.

O Barbeiro...

Um homem foi ao barbeiro cortar o cabelo como ele sempre fazia.Ele começou a conversar com o barbeiro sobre vários assuntos. Conversa vai, conversa vem, eles começaram a falar sobre Deus.O barbeiro disse:-- Eu não acredito que Deus exista como você diz.-- Por que você diz isso? – o cliente perguntou.-- Bem, é muito simples. Você só precisa sair na rua para ver que Deus não existe. Se Deus existisse você acha que existiriam tantas pessoas doentes? Existiriam crianças abandonadas? Se Deus existisse, não haveria dor ou sofrimento. Eu não consigo imaginar um Deus que permite todas essas coisas.O cliente pensou por um momento, mas ele não quis dar uma resposta, para prevenir uma discussão. O barbeiro terminou o trabalho e o cliente saiu.Neste momento, ele viu um homem na rua com barba e cabelos longos. Parecia que já fazia um bom tempo que ele não cortava o cabelo ou fazia a barba e ele parecia sujo e arrepiado.Então o cliente voltou para a barbearia e disse:
-- Sabe de uma coisa? Barbeiros não existem!-- Como assim eles não existem? – perguntou o barbeiro.-- Eu sou um.-- Não! – o cliente exclamou.-- Eles não existem, pois se eles existissem não haveria pessoas com barba e cabelos longos como aquele homem que está ali na rua.-- Ah, mas barbeiros existem, o que acontece é que as pessoas não me procuram, e isso é uma opção delas.-- Exatamente! – afirmou o cliente. – É justamente isso. Deus existe, o que acontece é que as pessoas não o procuram, pois é uma opção delas e é por isso que há tanta dor e sofrimento no mundo.

“Nossas dores não vem do céu, mas de nossas falhas"

Voe Mais Alto!!


Uma borboleta voava num lugar onde havia muita poeira no ar e suas asas começaram a pesar.Se caísse não duraria muito, e se um dia de vida já é pouco, quando mais algumas poucas horas.Ela voou tentando sacudir a poeira, e subiu, quanto mais subia mais pesavam as asas, mais lhe doía à vida que já não valia nada.Mas ela subiu, até que passou do nível da poeira, e uma leve brisa lhe limpou as asas, e ela continuou tendo "um dia de vida colorida".Eu realmente não sei que tipo de poeira há nas suas asas. pode ser algo que lhe pareça mais forte que você, pode ser ainda uma doença, um relacionamento rompido ou a perda de alguém.Devemos voar mais alto sempre, e confiar em Deus.Voe mais alto, acima das ilusões passageiras deste mundo, acima dos planos frustrados, acima da enfermidade, acima da saudade que dói o peito.Voe mais alto, na oração, nas mãos levantadas em adoração, nos olhos fechados que vêem o Senhor.Voe mais alto hoje!Voe mais alto sempre...

Vá em frente!!!

Deus sempre age certo.
Tenha certeza de que ele sempre dá o que vc precisa, no momento certo.
Nem sempre o que vc deseja é o que vc precisa...!
Siga em frente. Com fé e coragem., sem duvidar., porque o espinho de hoje será a flor de amanhã!
Não fique frustrado, por não ter o melhor que a vida tem para lhe oferecer, pois Deus permite que vc lute para alcançar seu ideal!
Tudo neste mundo tem o seu tempo, e cada coisa, tem a sua ocasião!
Persista. Que vc Vencerá . . .

Como estão os seus pés ?


Você já se perguntou por que Jesus lavou os pés dos apóstolos em um ato de servidão e humildade? (…) Certamente, Jesus sabia que os pés dos iniciantes da Igreja eram pés importantes para o início de uma nova etapa na história que Deus estava escrevendo. Eram pés que pisariam bons pedaços de chão proclamando a verdade!
Mas existe um problema quando algumas pessoas simplesmente decidem qual caminho tomar e qual calçado vestir nesta longa caminhada, e, estruturam toda uma vida em egocentrismo esquecendo-se dos propósitos de Deus.
O Rei Davi, quando fugia de seus inimigos, ou melhor, de seu próprio filho, caminhava descalço na montanha em direção ao cume do monte para esconder-se e para ouvir a Deus. Ele demonstrou que não é com orgulho ou presunção, pois a soberba precede a queda, antes é preciso ir de pés no chão (2Samuel 15:30).
Trate com os que te perseguem descendo do salto. Seja humilde e faça como o filho pródigo, que após tomar sua parte na herança e andar errante pela terra retorna a casa do seu pai. Com humildade este rapaz reconhece que seus fundamentos de vida estavam errados e que precisava transformar sua visão. Ali o Pai estabelece uma aliança com um anel, lhe dá cobertura com uma túnica representando o manto de proteção e, por fim, coloca sandálias novas em seus pés, representando novos fundamentos.
No reino de Deus precisamos chegar descalços. Descalço de crenças e valores que muitas vezes podem nos levar para um caminho longe do Senhor.Convido você a iniciar uma nova caminhada em seu chamado, rumo aos fundamentos do Pai.

Você já falou de JESUS hoje ?


Já recebeu uma ordem direta do seu chefe na empresa? Algo assim: “Fulano, vai lá e faz isso!”. Se for e fizer, ok. Nada mais fez do que cumprir a ordem. Se não fez… ah… aí o bicho pega. Dependendo da gravidade pode até custar o emprego e no caso o salário, certo?

Tenho visto por aí alguns servos do Senhor tão desligados do labor… tão surdos para a ordem que foi dada, em Marcos 16:15 “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” é uma ordem clara a todo aquele que reconhece o Senhor Jesus como nosso Senhor. “se eu sou senhor, onde está o respeito para comigo?” (Malaquias 1:6).

Há “Crentes” demais e servos de menos, eu sei, o próprio Senhor Jesus disse isso “Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos {porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos}” (Matheus 20:16). Sei ainda que “A seara, na verdade, é grande, mas os trabalhadores são poucos.” (Matheus 9:37). Mas, quem quer ser o servo infiel, que guardou seu talento? Tenho visto denominações inteiras que dizem “a pessoa sentirá o chamado e virá!”. Se fosse assim, porque o Senhor Jesus deixaria a ordem? Sejamos servos bons e fieis. É simples… basta ir e pregar a palavra… como? Simples:

1) Pela internet– Quantas vezes consumimos horas conversando sobre o futebol, sobre o tempo, sobre um monte de coisas sem sentido e não tocamos no Nome do Senhor jesus? Criar e manter um Blog é super simples… Faça isto!

2) Em Casa– Quantos são os que podem dizer: “Eu e minha casa servimos ao Senhor”? Basta começar em casa… sem forçar, apenas com o próprio testemunho e a Palavra. O Espírito Santo lhe ajudará!

3) Na Família– Fale de Jesus para um Tio distante. Conte o que Ele fez em sua vida. Conte o quanto é bom ser servo e convide-o a conhecer o Senhor Jesus. Fale sempre, não o tempo todo, mas sempre lembre que sua vida tem sido transformada continuamente e que isto é muito bom!

4) No trabalho– Com sabedoria. Não vá ser o “Crente chato”, basta, com calma e Fé, colocar A Palavra como fonte de soluções cotidianas. Deus nos ajuda a resolver muitas coisas!

5) Com os vizinhos– Fale de Jesus a toda criatura! Não gosta dos vizinhos? Fale mais ainda. Jesus os transformará. imagine dizer:”Sabe aquele Pastor alí, cheio de unção no Altar levando A Palavra? Fui eu que, usado pelo Espírito Santo evangelizei e trouxe para o Senhor Jesus!”.

Enfin, eu poderia falar sobre outras inúmeras formas de levar A Palavra, mas são tão simples. Peça ao Espírito Santo e Ele lhe mostrará qual será a sua maneira de falar do Pai. Ele espera ansioso que seus servos se convertam ao labor. “Seja Quente, não seja Crente”, O Fogo do Deus que criou o Universo está sobre nós. Vamos incendiar às criaturas com este fogo!

Inveja...


As perseguições da Globo contra a IURD me fizeram pensar sobre a inveja dos “poderosos” nos dias de hoje.
Quando o Senhor Jesus curou um cego de nascença, de imeditato Ele despertou a inveja dos religiosos tradicionais da época. Se aqueles religiosos fossem mesmo de Deus, eles deveriam ficar radiantes ao ver tamanho milagre. Mas não, aconteceu o contrário: eles se assustaram com a ameaça de suas sinagogas esvaziarem.
Acredito que hoje em dia não é diferente. E o mais grave: o Brasil vive uma democracia em que o voto tem valor. Por isso, dá pra entender toda essa perseguição, que tem um objetivo claro: Como há milhões de votos na IURD, somos obrigados a pagar o pato…
A cura, isto é, o bem-estar social daquele ex-cego gerou um problema grave para Deus. Mas tudo já estava muito bem elaborado por Ele. Nada acontece por acaso.
Creio que Deus permite certas situações porque tem objetivos mais adiante. É o que acontece na vida de todos os Seus seguidores. Quem fugir da guerra é considerado desertor, covarde e indigno de herdar o Reino de Deus. É como Ele mesmo diz:
…o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a Minha alma. ( Hebreus 10:38 ).

Estou aqui do seu lado e você nem percebeu...


Aconteu numa terra distante, em que um homem se converteu ao evangelho e este então decidiu propagar a salvação e disse consigo mesmo: “Vou anunciar a todos o que Deus pode fazer em suas vidas”. E lá se foi esse homem na sua longa e dura jornada e por meio dele muitos eram libertos, curados e salvos, enfim, ele estava se sentindo realizado. Mas do outro lado um forte “inimigo” bolava, como posso parar esse homem? E este também iniciou uma jornada para parar esse homem. Uniu-se com a prostituição, mas o homem não cedeu. Veio a mentira e o homem não aceitou tê-la em sua vida. Os vícios ele conseguiu vencê-los. O roubo, uma oportunidade grande, o melhor carro, casas, dinheiro, mas o homem conseguiu prevalecer.

O seu inimigo furioso convocou uma reunião solene com os soldados mais vorazes do seu reino e disse: “Como pode! Já fiz de tudo para impedir aquele homem e não consegui detê-lo. Usei a prostituição, o roubo, dinheiro e vícios. Quem aqui no meio de vós pode pará-lo?. E um grande silêncio parou naquela reunião, ninguém ousava proferir nenhuma palavra. De repente no meio da multidão uma voz calma e lenta quase que sumindo disse: Eu irei pará-lo! E todos olharam para trás e se perguntaram: quem é este? . Então o responsável da reunião o perguntou: Quem é você? Não te conheço! E você tem jeito velho e cansado de andar e ainda de falar, como você poderá pará-lo? E todos concordaram com ele.

Então ele respondeu: Eu sou o espírito do profeta velho! E tenho minha forma de agir; e tenho um grande aliado, o TEMPO! . Então o chefe lhe disse: Vai e para esse homem. Então aquele home que tinha sede de salvar começou a desculpas para tudo, saia e não conseguia trazer ninguém ao culto e dizia: Esta hora é muito cedo, ninguém vai aceitar meu convite, assim foi ele se esfriando, se esfriando e se esfriando...
Até que desistiu do seu objetivo e o profeta velho voltou ao inferno e perguntaram: Como você conseguiu? E ele respondeu: Cheguei ao lado dele e nem percebeu, e nem me viu do seu lado.

Agora que você leu esta carta cuidado, você nem está me percebendo eu já estou ai do seu lado!

Assinado: Espírito do Profeta Velho.

A esposa de Pastor.


Muitas jovens chegam-se a mim para perguntar qual é o papel da esposa de pastor na igreja. Elas nos vêem na igreja e pensam que somos perfeitas, sem problemas e que não pertencemos a este mundo. Será que isso é verdade?
A esposa de pastor é aquela que fica nos bastidores. Ela que organiza tudo a fim de que seu esposo seja uma benção de Deus para a Sua igreja, ela gasta todo o seu tempo e esforço em benefício das pessoas na igreja, ela gasta todo o seu tempo certificando-se de que ele tem toda a ajuda e apoio em oração para desempenhar bem o seu papel.
Os sacrifícios da esposa do pastor vão além de quaisquer sacrifícios físicos ou financeiros. Ela sacrifica suas emoções e seus sentimentos para que seu marido esteja preocupado somente com os problemas do povo.
Não é nada fácil para ela, pois tem que enfrentar a solidão. Ela tem que lidar com seus próprios problemas sozinha e ter forças suficiente para superá-los com a ajuda do Espírito Santo. Essa é a razão pela qual ela tem um relacionamento com Deus que não se compara a nenhum outro - Ele é o seu melhor amigo.
Seu marido não chega em casa depois das seis da tarde, mas depois das dez da noite. Não fica em casa nos finais de semana, mas tira algumas horas da semana para descansar. Não há planos para tirar férias, para feriados ou para momentos de lazer com a família. Na verdade, a esposa de pastor não pode sequer planejar algo, pois sua vida é como vento: hoje ela está aqui, amanhã ela pode estar em outro lugar. Em alguns casos, ela fica anos sem ver os pais, e ainda tem que suportar a dor do desapontamento deles em relação a ela por causa de sua ‘falta de consideração’. Se fica doente, tem que lutar para ficar boa logo porque, na batalha em que seu esposo está, ele não poderá parar para cuidar dela; além disso, ele precisa de sua ajuda 24 horas por dia. E ainda há aquelas esposas de pastor que renunciam o prazer da maternidade, pois, dessa maneira, terão mais disponibilidade para o marido e para a Obra de Deus. Tais mulheres jamais carregarão seus próprios bebês nos braços ou verão o fruto de seu ventre.
A esposa de pastor não tem como reformar ou decorar sua casa, pois não tem moradia fixa. Tudo o que ela carrega são suas roupas e seu álbum de casamento. Ela pode estar morando num país lindo, e no dia seguinte, ser transferida para um país pobre; pode estar entre muitos amigos e, no dia seguinte, ser transferida para um lugar desconhecido onde o idioma lhe é completamente estranho e não há ninguém para levá-la para conhecer o lugar.
E depois de todos esses sacrifícios, as pessoas esperam que ela seja perfeita o que é algo impossível de se conseguir. Mesmo assim, ela tenta, com a finalidade de alcançar aqueles que estão com os olhos voltados para ela. Contudo, ela sempre encontrará pessoas que a menosprezam, achando que ela é insignificante na igreja. Mal sabem que a Igreja Universal não seria o que é hoje se não fossem as esposas de pastor. Somos perfeitas? De forma alguma! Não temos problemas? Quem nos dera! Vivemos fora da realidade? Definitivamente não!
Temos problemas e cometemos erros sim. Porém, estamos aqui porque Deus viu em nosso coração disposição para irmos além das nossas forças em favor da Sua causa. Portanto, Ele é quem nos dá força para acordarmos a cada dia com um sorriso no rosto, com a expectativa de mais um dia de trabalho em favor d’Ele. Nós não sabemos onde estaremos amanhã e nem nos importamos com isso, contanto que estejamos na Obra do nosso Senhor. Suas orações em nosso favor são muito bem-vindas!

Na fé,
Cristiane Cardoso.

Para Refletir...


Você já parou para pensar!?

Ser forte é amar alguém em silêncio


Ser forte é deixar-se amar por alguém que não amamos


Se forte é mostrar alegria quando não se sente


Ser forte é sorrir quando se deseja chorar


Ser forte é consolar quando se precisa de consolo


Ser forte é calar quando o ideal seria gritar a todos a nossa angústia


Ser forte é irradiar felicidade quando se é infeliz


Ser forte é esperar quando não se acredita no retorno


Ser forte é manter-se calmo no desespero


Ser forte é fazer alguém feliz quando se tem o coração em pedaços


Ser forte é ter fé naquilo que não se acredita


Ser forte é acreditar que em nossa fraqueza Deus opera o seu poder


Seja forte em qualquer situação!!!

Carta do advogado ao Bispo Edir Macedo.

RESPOSTA AO FOGO ARDENTE!!!!!!!!

Prezado Bispo Edir Macedo,
Mais uma vez o Ministério Público do Estado de São Paulo formulou junto à Justiça de São Paulo denúncia contra o senhor e outros religiosos e cooperadores da Igreja Universal do Reino de Deus, por suposta prática de crime de lavagem de dinheiro e outras condutas tidas como delituosas.
Essas acusações nada mais são do que uma repetição do conteúdo de outro procedimento instaurado em 1999, para apurar crime de lavagem de dinheiro e sonegação fiscal que tinha como investigados, à época, praticamente as mesmas pessoas que agora o Ministério Público quer colocar novamente como réus.
Nesse inquérito de 1999, o Bispo Edir Macedo, juntamente com outros religiosos e cooperadores da Igreja Universal, foram exaustivamente investigados por anos e, finalmente, a apuração foi arquivada em 2006, pelo Supremo Tribunal Federal, a pedido da Procuradoria Geral da República.
Repita-se, o Ministério Público quer colocar estas pessoas como réus, novamente, em procedimento devidamente arquivado pela Corte Suprema do nosso país – o STF, a última instância, ou seja, eles investigarão fatos já decididos em definitivo. E, pasmem! O mesmo Ministério Público que pediu o arquivamento, agora quer investigar tudo de novo; nem os próprios membros desta Instituição se entendem.
A acusação do momento nada mais é do que a repetição dos mesmos fatos que o Supremo Tribunal Federal arquivou. Ela mais uma vez revolve fato ocorrido em 1992, quando alguns religiosos ligados à Igreja obtiveram empréstimo no exterior para o pagamento da compra da TV Record do Rio de Janeiro.
Ao longo destes anos, este empréstimo no exterior foi pago mediante prestações que acabaram sendo novamente consideradas como desvio para lavagem de dinheiro.
Na verdade, a organização Globo reage contra o Bispo Edir Macedo, em razão do crescimento vertiginoso da audiência da TV Record, que ameaça ou mesmo já ultrapassou a audiência da TV Globo. E com isto eles não se conformam.
No Jornal Nacional de ontem, 11 de agosto, o tempo dedicado pelo noticiário a tentar desmoralizar os trabalhos da Igreja Universal, voltados à fé evangélica, à realização de inúmeras obras sociais, ultrapassou qualquer medida de bom senso. Em um noticiário de 35 minutos, mais de 1/3 do tempo foi voltado a agredir a Igreja e seus pastores, que nada têm a ver com este novo procedimento instaurado pelo Ministério Público de São Paulo, no qual se investigam pessoas físicas.
De mais a mais, a própria Rede Globo é totalmente incongruente em seus noticiários e reportagens, pois no Jornal Nacional ataca a Igreja Universal como se ela fosse a autora de todos os delitos, sabedora de que quem está sendo investigado são pessoas físicas. Mas, em seu jornal escrito – O Globo –, fala que a Igreja Universal e seus fiéis são vítimas, ou seja, na invocação de seu “direito de informar” ela dá a mesma informação com nuances diferenciadas e totalmente distorcidas da realidade - em uma matéria ela ataca e na outra ela fala que essa mesma pessoa é vítima!
Só há uma explicação para isto: a busca da audiência, fazendo um sensacionalismo barato, pois falar da Igreja Universal neste país dá “IBOPE”, mesmo ela não sendo a investigada.
Da mesma forma a manchete de primeira página do jornal Folha de São Paulo, publicada no mesmo dia, foi de tal forma escandalosa e absurda que mais parecia que noticiava o maior escândalo político do país.
Na verdade, estas acusações criminosas nem merecem resposta. Enfrentaremos o processo com a mesma tranquilidade de outras vezes e nossa maior e irrespondível defesa é no sentido de que o Supremo Tribunal Federal já investigou tais fatos e a pedido da Procuradoria Geral de República arquivou o inquérito.
Temos a certeza de que o caso agora inventado terá o mesmo destino.

Arthur Lavigne
Advogado

A Fazenda: O programa mais uma vez vence Globo no ibope e bate recorde em audiência!!

O episódio que definiu o humorista Carlinhos Silva como o primeiro finalista de "A Fazenda", exibido na noite desta terça-feira (11), rendeu recorde de audiência ao reality show da Record, que venceu a Globo no horário.
Segundo dados consolidados do ibope, "A Fazenda", que foi ao ar entre 23h02 e 0h10, registrou média de 21 pontos. No mesmo intervalo, a Globo marcou 16 pontos exibindo os programas "Toma Lá, Dá Cá", " Profissão Repórter" e "No Limite". O SBT ficou em terceiro, com quatro pontos de média.
Até agora, a melhor média de "A Fazenda" havia sido de 20 pontos. Cada ponto equivale a cerca de 60 mil residências da Grande São Paulo.Na disputa por uma vaga na final, os quatro participantes que restam na disputa ficaram pendurados a seis metros do chão e precisaram recolher pilhas distribuídas por plataformas e, do alto, jogá-las em pequenos recipientes.
Carlinhos foi quem recolheu a maior quantidade de pilhas, vencendo a prova.Os outros confinados, Danni Carlos, Dado Dolabella e Pedro Leonardo, agora disputam os votos do público para permanecer no programa. O mais votado deixará o confinamento neste domingo (16).

Igreja Perseguida.


Ontem, a Rede Globo de Televisão e o Jornal O Globo publicaram notícias frauduletas sobre a Igreja Universal e o bispo Edir Macedo. Mediante tais abusos a Bíblia nos adverte:
"Mas, antes de acontecer tudo isso, vocês serão presos e perseguidos. Vocês serão entregues para serem julgados nas sinagogas e depois serão jogados na cadeia. Por serem meus seguidores, vocês serão levados aos reis e aos governadores para serem julgados. E isso dará oportunidade a vocês para anunciarem o evangelho.Resolvam desde já que não vão ficar preocupados, antes da hora, com o que dirão para se defender. Porque eu lhes darei palavras e sabedoria que os seus inimigos não poderão resistir, nem negar"
Lucas 21.12-15

"Quando somos perseguidos, agüentamos com paciência. Quando somos insultados, respondemos com palavras delicadas. Somos considerados como lixo, e até agora somos tratados como a imundície deste mundo."
I Coríntios 4.12-13

"Pois, quando estávamos com vocês, nós os avisamos que íamos ser perseguidos; e, como vocês sabem, isso aconteceu mesmo"
I Tessalonicenses 3.4

"Todos os que querem viver a vida cristã unidos com Cristo Jesus serão perseguidos"
II Timóteo 3.12

Ao ouvirem algo parecido com essa notícia de seus amigos ou familiares, não se preocupe em defender o bispo ou a Igreja Universal, somente ore. O justo não se justifica. A vitória é do povo de Deus. E não se preocupe. Os nascidos de Deus não se afastarão!

Fiquem firmes na Rocha!

Homossexualismo


Homossexualismo

Antigamente, quando alguém era contaminado pela lepra, imediatamente era confinado ao isolamento. Nesse caso, misericórdia e compaixão davam lugar às censuras, críticas e até condenações. Os religiosos eram os pilotos da condenação. Usavam e abusavam em nome de Deus para julgar e condenar os aflitos.
Os tempos mudaram. Mas o espírito condenatório se mantém. Hoje, muitos “cristãos” têm tratado os homossexuais como os leprosos do passado. Por quê? São eles mais santos? Mais justos?
Nosso Senhor foi claro e objetivo a respeito desse tipo de comportamento: “Aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra.” (João 8.7)
Deus não nos tem dado autoridade espiritual para julgar e condenar ninguém! Ao contrário! Se alguém considera ser de Deus, então sabe perfeitamente que sua missão é para ajudar o semelhante. Não julgá-lo ou condená-lo!
Se queremos respeito à nossa fé, respeitemos a fé e opção de vida alheia! Se nem Deus impõe Sua escolha, quanto mais nós, meros mortais?
Poucos sabem que a hipocrisia é o pior de todos os pecados. E é justamente dentro de instituições religiosas que mais a encontramos.
Será que as palavras “…com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também.” (Mateus 7.1,2) não significam nada?
 
©2009 Elke di Barros Por Templates e Acessorios