Mais uma das Organizações Globo – II


Leia as perguntas feitas por Mariana Sanches, repórter da revista Época – Editora Globo, à

Igreja Universal do Reino de Deus, com suas respectivas respostas:

1- A Igreja Universal confirma os vínculos e contatos com Gustavo Alves da Rocha?

R: O Gustavo Alves da Rocha foi pastor da Igreja Universal. Ele foi desligado da obra por motivos de prática de conduta contrária aos bons costumes e a moral, que não condizem com a vocação de pastor.

2- Gustavo afirma que o Bispo Edir Macedo instrui seus pastores a fazerem vasectomia, mesmo aqueles que são jovens e sem filhos. É verdade?

R: Em hipótese alguma há qualquer orientação neste sentido, até mesmo porque há inúmeros pastores que têm filhos recém-nascidos, ou seja, não fizeram vasectomia, consequentemente, não tem como se falar que eles são orientados ou obrigados a fazerem vasectomia. Isto é uma livre escolha da própria pessoa e, especialmente, do casal.
Para espancar esta mentira, sugerimos que vocês entrevistem outros pastores que têm filhos biológicos, pois não optaram pela vasectomia, vez que então desmistificará estas inverdades faladas por Gustavo Alves da Rocha.
Contudo, este Gustavo, por opção sua e de sua esposa, à época, fizeram vasectomia nos EUA. Inclusive a cirurgia não foi bem-sucedida, de modo que o mesmo processou o médico e o hospital, ganhando uma indenização de cerca de USS 70.000,00. Mas, isto ele não comenta, pois não lhe convém.

3- Gustavo disse que morou por três anos na casa de Edir Macedo em Nova York. É verdade?

R: Jamais morou na residência do Bispo Edir Macedo.

4- Gustavo afirma que, como pastor da igreja em Nova York, chegou a trabalhar como motorista para a Record, buscando no aeroporto funcionários da emissora, como Adriane Galisteu e Paulo Henrique Amorim. É verdade?

R: Não, é mais uma mentira e a Rede Record tem seu quadro próprio de funcionários, entre eles motoristas. E os pastores da Universal exercem sua vocação somente na Igreja Universal.

5- Gustavo afirma que os bispos Clodomir Santos e Romualdo Panceiro costumavam trocar dólares em São Paulo para o Bispo Macedo, e que eram os responsáveis por transferir dinheiro das contas da Igreja Universal para a da Rede Record. É verdade?

R: É a mentira mais deslavada que já se ouviu. Pois a Igreja Universal, seus bispos e pastores fazem tudo dentro da maior legalidade.
Com relação à IURD e à Rede Record, o único vínculo existente entre elas é o comercial, por conta da locação de espaço televisivo, o que é devidamente pago e contabillizado por ambas as pessoas jurídicas, não tendo que se falar em qualquer ilicitude neta relação jurídica.

6- Gustavo afirma que o Bispo Edir Macedo e o Bispo Honorilton Gonçalves frequentemente conversavam por rádio sobre os investimentos na Record. Segundo Gustavo, em 2003, foi feita uma campanha das Muralhas de Jericó para arrecadar US$ 1 milhão necessários para a compra de aparelhos para o estúdio da Record em Nova York. É verdade?

R: Totalmente inverídico, como já foi dito – Record e Igreja Universal são pessoas jurídicas distintas. O único vínculo que as une é comercial, pois a IURD compra espaços em sua grade de programação. E qualquer outra informação sobre a Rede Record deve ser solicitada diretamente a ela.

7- Gustavo afirma que foi instruído pelo bispo Edir Macedo em estratégias para ludibriar os fiéis. Em uma delas, comprava no supermercado óleo de cozinha e dizia aos fiéis que era o azeite abençoado da Terra Santa. É verdade?

R: A Igreja Universal não trabalha com estratégias e sim com fé. A Bíblia é o seu alicerce. A IURD tem seu ritual litúrgico e dentro dele existem as simbologias, entre as quais está inserido o azeite, que uma vez consagrado é distribuído aos fiéis.

8- Gustavo afirma que passou 15 dias na casa do Bispo João Batista em 2001, logo depois de se casar com a empregada doméstica do Bispo Edir Macedo, Jacira Aparecida da Silva. Diz que foi João Batista quem pagou a cerimônia de casamento e a viagem de lua-de-mel para Poços de Caldas. Gustavo disse que João Batista costumava trocar dólares para o Bispo Macedo em São Paulo.

R: A senhora Jacira Aparecida da Silva nunca foi empregada do Bispo Edir Macedo.
O Bispo João Batista Ramos da Silva jamais pagou qualquer viagem de lua-de-mel ou o casamento do Gustavo Alves da Rocha.
Não existe nenhuma conduta ilícita praticada pelos pastores ou bispos da Igreja Universal, remetendo-se a resposta de número 5.

9- Gustavo diz que foi constrangido pelo bispo Edir Macedo a se casar com Jacira. É verdade?

R: Ninguém se casa forçado. E, sim, por amor. Como dito anteriormente, a senhora Jacira nunca trabalhou para o Bispo Edir Macedo.

10- Gustavo afirma que, de volta ao Brasil, foi procurado pelo Bispo Delmar Macedo em duas ocasiões em 2004, logo depois de iniciar um processo contra a Igreja. Diz que o Bispo Delmar recomendou que ele retirasse o processo senão seria prejudicado. Isso aconteceu?

R: Nunca a Igreja Universal foi processada por Gustavo Alves da Rocha.

Cinthia Meibach

Assessoria de Imprensa

Igreja Universal do Reino de Deus

Nenhum comentário:

 
©2009 Elke di Barros Por Templates e Acessorios